Bem-vindo ao Planeta openSUSE

Isto é um agregador de fontes de notícias que coleciona o que os contribuidores do openSUSE estão escrevendo em seus respectivos blogs.

Para ter seu blog adicionado a este agregador, por favor leia as instruções.


Segunda
22 de Maio de 2017


face
Como instalar a ferramenta de captura de tela HotShots no Linux

Procurando uma boa ferramenta de ferramenta de captura de tela? Então veja aqui como instalar o HotShots no Linux.

Leia o restante do texto "Como instalar a ferramenta de captura de tela no Linux HotShots"

face


Um ponto bem interessante no mundo Linux e a grande possibilidade de personalizações. Na dica de hoje veremos como instalar o Plank que é um dock bem simples e seu objetivo é fornecer apenas o que um dock necessita e absolutamente nada mais. No entanto, é uma biblioteca que pode ser estendida para criar outros programas de dock com recursos mais avançados.


Características de Dock Plank
 
- Exibe os aplicativos em execução e de encaixe.
- O aplicativo em execução é indicado por um ponto laranja.
- Você pode inserir aplicativos clicando com o botão direito do mouse no aplicativo.
- Você pode remover qualquer aplicativo do dock arrastando-o para fora do painel; Ele será removido com animação simples.
- A versão mais recente do plank vem com docklet, ou seja, quatro aplicativos são instalados por padrão (Clippy, Relógio, Desktop, Lixeira).
- Alguns temas estão disponíveis; Você pode mudar o comportamento e a aparência do Plank.



Como instalar o Plank no openSUSE Leap

zypper install plank




Pagina do Projeto: https://launchpad.net/plank


Mantenha-se atualizado e divirta-se!!

Domingo
21 de Maio de 2017


face



Você utiliza o cliente de e-mail Thunderbird? Gostaria de ter um visual diferente? Nesta dica iremos ver como instalar o pacote de temas Monterail, ele possui 4 temas para você deixar seu Thunderbird com uma boa aparência e maior usabilidade.


O que é Monterail?
É um pacote de tema para Thunderbird que permite alterar sua aparência facilmente, ele é open source e foi desenvolvido e inspirado nas maquetes pela equipe Monterail, com o objetivo de dar acabamento visual moderno e usual ao Thunderbird.

O pacote é composto por 4 temas do Monterail, Light, Dark e FullDark, todos são distribuídos em um pacote disponível no repositório oficial do tema. Da mesma forma, o pacote inclui a fonte EncodeSans que é usado por todos os temas, e um pacote de ícones para substituir os padrões usados no Thunderbird.



Dark

FullDark 

Ligth

Monterail



Como instalar temas para o Thunderbird?

Segue os passos para instalar os temas:
  1. Realizar o download do arquivo.
  2. Descomprima o arquivo é renomei a pasta como "chrome".
  3. Mova a pasta para o diretório de configuração do Thunderbird, que geralmente está localizado em: "/home/usuario/.thunderbird/[letras e números] .default /". 
  4. Dentro da pasta está o arquivo userChrome.css. Abrecom um editor de e encontre (Ctrl+F) o termo “@import “themes/system.css”;“
  5. Edita o tema com a variante que deseja utilizar: dark, fulldark, light, monterail; por exemplo: “@import “themes/fulldark.css”;“.
  6. Salve o arquivo e abra o Thunderbird.
Agora e só curtir o visual que mais agrada em seu Thunderbird!!



face

Uma nova revisão do que aconteceu na semana 20 de 2017 no openSUSE Tumbleweed a versão “rolling release” de atualização contínua da distribuição de GNU/Linux openSUSE.


O anúncio original você pode ler no blog de Dominique Leuenberger, no link abaixo:
 
http://dominique.leuenberger.net/blog/2017/05/review-of-the-week-201720/


Houve uma má decisão para o incluir snapshot 0510 na revisão antes de atingir os espelhos. Agora não temos nada para relatar esta semana. Apenas um único snapshot encontrou o seu caminho: 20170516. No dia 16 de maio foi quando a infra-estrutura openSUSE foi 'liberada' novamente para os gerentes de release do openSUSE, já que a auditoria dos eventos do fim de semana anterior havia sido concluída.

Nós construímos / testamos mais dois instantâneos esta semana ((0517 e 0518), que não encontrarão o seu caminho para você. Vou explicar mais porquê.

Então, vamos nos concentrar primeiro no lado positivo das coisas: instantâneo 0516 lançado com algumas atualizações:

  • Outro lote de KDE Applications 17.04.0
  • Boost corrigiu uma regressão que causou uma falha de compilação em alguns pacotes
Claro, não poderia haver muito nesse snapshot, pois a comunidade também não tinha acesso ao servidor de compilação durante o fim de semana e não poderia fornecer nenhuma atualização.

Isso leva a um grande backlog embora, e as coisas que estão vindo para você em breve são numerosos:

  • KDE Applications 17.04.1
  • KDE Framework 5.34.0
  • O KDE Plasma 5.10 já está sendo testado (estado beta, atingirá Tumbleweed quando atingir a versão final
  • OpenSSL 1.0 e 1.1 serão instaláveis em paralelo
  • GCC 7 como compilador padrão para Tumbleweed. Estamos quase lá!
  • GStreamer 1.12 - com suporte MP3 e A52 ativado imediatamente.

Agora, o que aconteceu com os dois snapshots que foram construídos mas não serão lançados? Geralmente, uma coleção de coisas. Por um lado, uma regressão em openQA causou algumas falhas que precisavam ser compreendidas. E devido à natureza da quebra, algumas suítes de teste simplesmente não poderiam ser executadas. E eu não quero liberar um snapshot apenas parcialmente testado. Tenho certeza que você será atingido pelos casos de canto que não pegou (este é o pior caso, é claro, eu não esperaria que houvesse um problema.) Mas eu não aposto na estabilidade de sua estação de trabalho.

A segunda edição que surgiu agora com o snapshot 0518 é que as mudanças no empacotamento do openSSL, fazendo 1,0 e 1,1 capazes de coexistir bem, causou uma falha no bind, o software de servidor DNS principal usado. Bind simplesmente se recusa a iniciar na configuração atual.

Espera-se uma solução para ambas as questões na próxima semana, o que significa que podemos retomar a liberação do Tumbleweed.

Sábado
20 de Maio de 2017


face
Editor de legendas para Linux? Instale o Gaupol

Procurando um editor de legendas para Linux para criar ou consertar arquivos desse tipo? Então instale e experimente a ferramenta Gaupol.

Leia o restante do texto "Editor de legendas para Linux? Instale o Gaupol"

face
Como instalar o Visual Studio Code no Linux manualmente

A Microsoft lançou seu novo editor de código multiplataforma, que aliás, possui uma versão para o Linux. Se você ficou curioso para experimentar, veja aqui como instalar o Visual Studio Code no Linux.

Leia o restante do texto "Como instalar o Visual Studio Code no Linux"

face



Fontes da versão beta do SUSE Linux Enterprise (SLE) Service Pack 3 (SP3) chegaram hoje na versão mais recente para o próximo lançamento do openSUSE da série 42.3.

A transição para um processo de desenvolvimento contínuo para o openSUSE Leap 42.3 mudou o processo de marco tradicional, mas os marcos fixos estão vivos e bem e está se beneficiando do estável núcleo corporativo do SLE.

As fontes mais recentes do SLE SP3 Beta incluídas nas compilações Leap são correções de segurança e de erro no SUSEConnect versão 0.3.0. Além disso, cpupower atualizado para uma versão de turbostato com 17.04.12. A versão compartilhada do zypper 1.13.27 ajuda a marcar os pacotes instalados pelo usuário como 'i +'. O beta e Leap construir também a limpeza de um algoritmo de rollback snapshots com Snapper 0.5.0. Ceph's 12.0.2 define maiores restrições de disco e memória para construções s390x não falharem. SLE SP3 e Leap também compartilham o mesmo 4.4.68 Linux Kernel, que fornece muitas melhorias para arquiteturas e drivers sem fio.

Yast2-installation moveu o Container como uma Plataforma de Serviço para o pacote yast2-caasp e adicionou um pedido de recursos, que adicionou as configurações de Network Time Protocol Servers à caixa de diálogo de visão geral.

Os pacotes da comunidade que diferem do SLE SP 3 Beta que os testadores podem encontrar em Leap são novos recursos do Mozilla Thunderbird 52.1.0 e correção de segurança do Mozilla Firefox 52.1.1. A semana passada, o KDE Applications foi atualizado nas compilações Leap para a versão 17.04.0. Duas semanas atrás, uma compilação Leap para 42.3 atualizou Mesa da versão 11.2.2 para a versão 17.0.4 (agora Mesa 17.0.5), portanto, mais unidades de processamento gráfico são suportadas.

"Gostaria de pedir aos mantenedores de pacotes e aos usuários que verifiquem se há alguma mudança maior a ser feita em 42,3", disse o gerente de lançamento, Ludwig Nussel, para a lista de openSUSE Factory Mailing List. "Em caso afirmativo, envie os pacotes afetados o mais rápido possível".

Falta apenas mais alguns dias para obter atualizações de versão importantes na próxima versão do Leap 42. Todas as atualizações de versão principal têm um prazo de envio de 21 de maio.

O Leap 42.3 builds vem sendo lançado regularmente com novos pacotes comunitários sendo atualizados nas versões mais recentes. Os testadores são incentivados a testar o desenvolvimento do rolamento e podem fazer o download da imagem iso a partir do botão de desenvolvimento em software.opensuse.org. Depois de instalar o Leap, os testadores podem entrar

Sexta
19 de Maio de 2017


face
OpenSUSE Tumbleweed com Kernel 4.11 nos repositórios

Douglas DeMaio do openSUSE relatou que o OpenSUSE Tumbleweed já oferece o Kernel 4.11 nos repositórios. Confira essa e outras novidades dessa atualização.

Leia o restante do texto "OpenSUSE Tumbleweed com Kernel 4.11 nos repositórios"

face
Como instalar o editor de vídeo Shotcut no Linux manualmente

Foi lançada recentemente mais uma versão de um dos melhores editores de vídeo para Linux. Se você quiser experimentar, veja a seguir como instalar o editor de vídeo Shotcut no Linux manualmente.

Leia o restante do texto "Como instalar o editor de vídeo Shotcut no Linux manualmente"

face

Em aproximadamente 20 minutos, criei um utilitário simples que desabilita o SMBv1. Assim minimizando o problema do Ransomware. NÃO SOU GENIAL, o programa não ultrapassa 90 linhas. Ele apenas via registro do Windows faz a tarefa que usuários leigos supostamente teria dificuldade.

A pedido de alguns leitores, elaboro este post para proporcionar uma maneira mais simples de como utilizar o programa NoWannaCry (além de gratuito, também está disponível o seu código fonte) para fechar a possibilidade de entrada do Ransomware em função da vulnerabilidade do SMBv1. Toda operação consiste na execução do programa com um clique.   Disponível para download no link abaixo:

https://sourceforge.net/projects/owasp-zap-live-cd/files/nowannacry/nowannacry.exe/download

Mais informações : https://assuntonerd.com.br/nowannacry/
Código Fonte: https://github.com/cabelo/nowannacry



face
"Code Together" music video parodia da música "Come Together" dos Beatles.


 

Mantenha-se atualizado e divirta-se!!

face
" What Does the Chameleon Say?" music video parodia da música "What Does the Fox Say") do cantor Ylvis.



Mantenha-se atualizado e divirta-se!!

face

"Yes Please" music video parodia da música "Sugar"da banda Maroon 5's para a SUSECon 2015 em Amsterdan.


 
Mantenha-se atualizado e divirta-se!!

Quinta
18 de Maio de 2017


face
Como conectar uma impressora no Google Cloud Print

Ficou curioso sobre como imprimir remotamente depois que viu o tutorial sobre como instalar o CUPS Cloud Print no Ubuntu? Então veja como conectar uma impressora no Google Cloud Print.

Leia o restante do texto "Como conectar uma impressora ao Google Cloud Print"

face
Como instalar e ativar o OpenBox no Mate

Se você usa o Mate e quer usar um gerenciador de janelas minimalista e leve, veja como instalar e ativar o OpenBox no Mate.

Leia o restante do texto "Como instalar e ativar o OpenBox no Mate"

face

Após 18 meses de manutenção e upgrades, o ciclo de vida do openSUSE 42.1 chega ao fim.


Conforme anunciado hoje nas listas de discussão do openSUSE, a sua versão Leap 42,1 deixará de receber atualizações, por isso é hora de atualizar.

Hoje 17 de maio, 2017 foi atualizado o pacote mais recente para openSUSE Leap 42,1 que tem sido "release-notes-openSUSE" a partir de agora não será mais empacotados softwares nem repositórios disponíveis serão atualizados.

openSUSE LEAP 42,1 foi um marco, pois foi a primeira distribuição de GNU / Linux ligando negócios e parte da comunidade. Por um lado, ele recebeu uma base mantida por pacotes SUSE que estavam disponíveis em todos os pacotes da comunidade.

Além disso, também significou um salto (daí o nome Leap) na numeração que vai de versão 13,2-42,1 (novamente vai sofrer um salto a partir da publicação da Leap 42,3).

Durante estes 18 meses, foram colocados um total de 1442 atualizações, 98 a mas que a versão 13,2. E recebeu 557 atualizações do SUSE Linux Enterprise.

Você ainda pode usar o openSUSE 42.1, embora não é aconselhável do ponto de vista da segurança. É hora de atualizar seu sistema para continuar a receber atualizações de segurança e ter novas versões dos pacotes instalados.

Não há necessidade de reinstalar o sistema a partir do zero. Você pode atualizar a partir openSUSE 42.1 para Leap Leap 42.2 que também possui 18 meses de suporte, e não se esqueça Leap 42.3 está em desenvolvimento e que até o final de julho 2017 será lançado.

Mantenha-se atualizado e você sabe: Divirta-se!

face

Nesta dica iremos ver como instalar o pacote de temas Paper, ele possui um pacote de icones, cursores e Suíte de tema de código aberto e projetado por Sam Hewitt

Ícones Paper

O Paper possui moderno pacote de cujo o projeto é baseado em torno do uso de cores bold (realce) e de formas geométricas simples. Cada ícone foi meticulosamente projetado para a visualização perfeita de pixels.

Cursores Paper


O tema de cursores Paper é um componente do conjunto de ícones e tem um estilo geometricamente simples projetado para complementar os ícones Paper.




Suíte Paper

Paper é um moderno tema para 
Linux desktop com uma maioria plana e com um sutil uso de sombras e  bem como cabeçalhos coloridos que são projetados para tornar Paper destacado entre os muitos temas disponíveis para desktops Linux.





Como instalar o Ícones Paper:

openSUSE Leap 42.2


zypper install paper-icon-theme

openSUSE Tumbleweed
zypper refresh
zypper install paper-icon-theme


Como instalar o tema Paper
 
openSUSE Leap 42.2
zypper install paper-gtk-theme

openSUSE Tumbleweed
zypper install paper-gtk-theme



Mantenha-se atualizado e você sabe: Divirta-se!

Quarta
17 de Maio de 2017


face
Como instalar a versão mais recente do cliente FTP FileZilla no Ubuntu 16.04

Já mostrei aqui como instalar o FileZilla no Ubuntu. Agora você verá como instalar o FileZilla no Linux, ou pelo menos, na maioria das distribuições.

Leia o restante do texto "Como instalar o FileZilla no Linux manualmente"

face
Como enviar e receber SMS no Linux com o KDE Connect

Se você usa Linux e possui um smartphone Android, veja como enviar e receber SMS no Linux com o KDE Connect nos dois aparelhos.

Leia o restante do texto "Como enviar e receber SMS no Linux com o KDE Connect"

Terça
16 de Maio de 2017


face
Como instalar a última versão do Blender no Linux

Se você já trabalha com 3d ou quer apenas experimentar o programa, veja aqui instalar a última versão do Blender no Linux.

Leia o restante do texto "Como instalar a última versão do Blender no Linux"

face
Como instalar o jogo de corrida SuperTuxKart no Linux

Depois de quase um ano e meio desde a última versão, finalmente saiu uma nova versão estável do SuperTuxKart, o jogo de corrida de kart open source. Aqui você verá como instalar ele no Linux.

Leia o restante do texto "Como instalar o jogo de corrida SuperTuxKart no Linux"

face
BricsCAD no Linux - Conheça e instale essa alternativa ao AutoCAD

Se você usa o sistema do pinguim e procura um aplicativo de CAD que seja uma alternativa ao AutoCAD, conheça e experimente o BricsCAD no Linux.

Leia o restante do texto "BricsCAD no Linux - Conheça e instale essa alternativa ao AutoCAD"

face

Os motivos são diversos, para alguns usuário não desejar efetuar a atualização. Então ao invés de ficar me gabando e mencionando que não pego vírus e por usar Linux, resolvi tirar a POEIRA da minha maquina virtual XP e escrevi um software que desabilita o antigo e agora famoso SMBv1. O utilitário NoWannaCry desativa o protocolo SMBv1 sem a necessidade de entrar nas configurações do Windows (pois altera o registro do Windows). Para obter instruções de download e código fonte, clique no link: https://assuntonerd.com.br/nowannacry/



Segunda
15 de Maio de 2017


face


As atuais canetas Stylus for Yoga ( 2 em 1 ) possuem certa sensibilidade à pressão. Ou seja, o equipamento entende quando eu pressionamos a caneta mais ou menos força, proporcionando um controle extraordinário sobre pinceladas em programas de desenho. Deixo aqui uma dica rápida de como configurar no GIMP.

1 – Entre no EDITAR do menu principal e selecione o item PREFERÊNCIAS.

2 – Após selecione o item DISPOSITIVOS DE ENTRADA e pressione o botão CONFIGURAR DISPOSITIVO DE ENTRADA ESTENDIDOS.

3 – Agora selecione o DISPOSITIVO DESEJADO e troque o modo DESLIGADO para TELA.

4 – Em ferramentas podemos selecionar o tipo do pincel e a respectiva matriz de mapeamento.

A seguir o resultado do GIMP recém configurado no openSUSE Linux.



face
Criação de objetos 3D no Linux: instale OpenSCAD

Se você precisa de um programa para a criação de objetos 3D no Linux, instale o OpenSCAD em seus sistema.

OpenSCAD é um software livre CAD de código aberto (usa a GPL versão 2), específico para a criação de modelos 3D sólidos utilizados principalmente para a criação de peças mecânicas e não para a criação de animações etc, como acontece por exemplo no Blender. Assim, ele pode ser o aplicativo que você está procurando quando você está planejando criar modelos 3D de peças de máquinas, mas com certeza não é o que você está procurando, se você está mais interessado em criar filmes animados por computador.

Leia o restante do texto "Criação de objetos 3D no Linux: instale OpenSCAD "


face
Como instalar e ativar o OpenBox no XFCE

Se você usa o XFCE e quer usar um gerenciador de janelas minimalista e leve, veja como instalar e ativar o OpenBox no XFCE.

Leia o restante do texto "Como instalar e ativar o OpenBox no XFCE"

Sábado
13 de Maio de 2017


face

Uma nova revisão do que aconteceu entre as semanas 18 e 19 de 2017 no openSUSE Tumbleweed a versão “rolling release” de atualização contínua da distribuição de GNU/Linux openSUSE.

 O anúncio original você pode ler no blog de Dominique Leuenberger, no link abaixo:

 http://dominique.leuenberger.net/blog/2017/05/review-of-the-weeks-20t 1718-19/


Nas últimas duas semanas, um total de 6 snapshots foram liberados para a Tumbleweed (0428, 0429, 0430, 0502, 0503, 0505): todos eles foram principalmente na Semana 18 - enquanto estávamos tendo algumas lutas esta semana devido a forma como os pacotes por padrão são agora definidos. A mudança foi ligeiramente mais complexa do que o previsto e pequenas questões rastejaram aqui e ali. Mas a mudança vale bem o esforço, porque os testes padrões são agora pacotes menores com seus próprios grupos mantenedores atribuídos. Por exemplo, a equipe do KDE tem mais controle, e especialmente mais direto, sobre seu padrão. O mesmo vale, é claro, para todos os outros padrões relacionados ao desktop: os que agora vivem nos projetos de desenvolvimento do respectivo ambiente de desktop.

A maioria das grandes questões devem ser resolvidas agora e você também deve ver brevemente o snapshot 0510 em seus espelhos. Vou, portanto, incluir as alterações dele nesta revisão também. 
As duas últimas semanas trouxeram esses pacotes interessantes para Tumbleweed:

  • Mozilla Thunderbird e Mozilla Firefox 52.1.0
  • Estruturas do KDE 5.33.0
  • GNOME 3.24.1
  • Linux Kernel 4.10.13
  • KDE Plasma 5.9.5 
  • Aplicações do KDE 17.04.0 (no snapshot 0510)
  • Padrão split: patterns-openSUSE será removido em favor de novos nomes!     
  • Grub 2.02
  • Muitos mais pacotes de python portados para singlespec
É sempre impressionante passar pelas várias mensagens de lançamento uma semana depois e ficar atordoado quanto essa comunidade consegue alcançar em tão pouco tempo! Obrigado para todos os contribuidores pois fazem openSUSE Tumbleweed a distro impressionante que é!

E como você é tantos, é claro que você mantém as áreas de preparação ocupadas, atualmente na maior parte com essas mudanças 'principais' (recursos de trabalho em andamento para os próximos snapshots):

  • GNOME 3.24.2
  • GCC7 como compilador padrão! Ajuda é necessária para que isso aconteça!
  • Icu 5,9
  • Linux Kernel 4.11.0

Se você quiser descobrir onde você pode ajudar nas várias áreas de preparação, você pode sempre olhar para as falhas listadas no painel que você pode encontrar em:

https://build.opensuse.org/project/staging_projects/openSUSE:Factory 

As ISO’s são instáveis, porém se você já utiliza openSUSE Tumbleweed em seu equipamento, simplesmente deverá atualizá-lo mediante o comando “zypper up” assim seu sistema receberá as atualizações.Para realizar o download acesse o link abaixo:

https://en.opensuse.org/openSUSE:Tumbleweed_installation


 

Mantenha-se atualizado e você sabe: Divirta-se!

Sexta
12 de Maio de 2017


face
Use vários serviços de armazenamento na nuvem com RcloneBrowser

Se você possui contas Google Drive, Dropbox, OneDrive e outras opções, veja como fazer para usar vários serviços de armazenamento na nuvem com RcloneBrowser no Ubuntu, Arch Linux e derivados.

Leia o restante do texto "Use vários serviços de armazenamento na nuvem com RcloneBrowser"

face
Como instalar o ProjectLibre no Linux Ubuntu, Debian, Fedora e derivados

Já mostrei aqui uma alternativa ao Microsoft Project, agora conheça outra boa opção, e veja como instalar o ProjectLibre no Linux manualmente.

Leia o restante do texto "titulo"

face
Ubuntu, Fedora e OpenSUSE na Windows Store! Como é que é?

A Microsoft anunciou que em breve será possível encontrar o Ubuntu, Fedora e OpenSUSE na Windows Store, e com isso, instalar essas distros no Windows.

Leia o restante do texto "Ubuntu, Fedora e OpenSUSE na Windows Store? Como é que é?"

Entradas de blog antigas ->